Leonardo e Gertrudes, de J. H. Pestalozzi

Publicado em 18/09/2019 - Editado em 18/09/2019 | Comentarios > ver comentários

Leonardo e Gertrudes, de J. H. Pestalozzi

 

Por conta de seu idealismo e da experiência acumulada, Pestalozzi começa a publicar vários escritos, dedicando-se à literatura e ao jornalismo. Fica famoso com a publicação do livro Leonardo e Gertrudes, em 1781, mas desgosta-se com a crítica e o público que o recebem como um romancista folhetinesco, enquanto ele mesmo se considera, e de fato é, um escritor educacional, pois o livro nada mais é do que um romance pedagógico.

 

Escrito como novela, popularizou a idéia da reforma educacional. O propósito do livro era descrever a vida simples do povo rural e as grandes modificações causadas pela inteligência e devotamento de uma simples mulher.

 

A história gira em torno do casal Leonardo e Gertrudes e seus filhos. Vivem numa aldeia interiorana e tudo se transforma quando Leonardo perde o emprego e se deixa levar pelo alcoolismo, que é incentivado pelos amigos, corruptos e baderneiros.

 

Gertrudes luta para manter o sustento e a união da família, e acaba intervindo socialmente na pequena cidade, combatendo os vícios de toda ordem, conseguindo resgatar o esposo, educar os filhos e mudar a administração pública do vilarejo.

 

Leonardo e Gertrudes foi desdobrado em quatro volumes reproduzindo na trama os diálogos simples da gente camponesa, e dirigindo-se ao povo. A abundância de situações, a sutileza das abordagens psicológicas, a ação narrada com emoção e o alcance social e educativo da obra justificam sua extensão.

 

Os volumes foram editados, respectivamente, nos anos de 1781, 1783, 1785 e 1787. Neles, Pestalozzi combina suas experiências pessoais com suas propostas não realizadas de transformação social.

 

Em toda a obra fica explícito que a base de toda transformação moral, de todo resgate da natureza humana deve partir do sentimento. Sem um impulso emocional em direção ao bem, nada se pode mudar.

 

No livro Leonardo e Gertrudes, de 1782,  Pestalozzi anunciou as suas ideias educacionais, mas a obra não foi considerada como um tratado educativo pelas figuras importantes da época. 

 

Trabalhou como jornalista e escritor. Publicou os livros “Cristóvão e Elisa” em 1782, as “Fábulas” em 1791  e em 1797, durante a Revolução Francesa ( 1789 - 1799) , ele publica “Minhas investigações sobre a marcha da natureza no desenvolvimento do gênero humano”.  

 

Por suas críticas sociais e luta constante em benefício da população, recebe no ano de 1792 o título de cidadão honorário da França, dado pelo governo revolucionário. Seis anos depois acontece a Revolução Suíça e ele se torna redator-chefe do jornal Folha Popular Helvética.

 

De 1780 a 1798, dedicou-se intensamente à atividade literária. O pensamento fundamental de Pestalozzi era sempre o mesmo: as reformas sociais e políticas deviam surgir pela educação, não da educação tradicional, mas de um novo processo de desenvolvimento que resultaria na reforma moral e intelectual do povo.

 

Movido por esse pensamento, ele não cansava de se corresponder com os nobres e com os burgueses ricos, na esperança de que estes viessem a financiar a educação em seus países. Produziu intensa correspondência, mas não obteve apoio.

 

Pestalozzi decide em 1798, após a morte do amigo e politico Johann Kaspar Bluntschli, voltar  à pedagogia e aplicar as suas ideias educacionais na sua escola. Para ele uma escola deveria aproximar-se de uma casa bem organizada, pois o lar era a melhor instituição de educação, base para a formação moral, política e religiosa. Na sua escola, mestres e alunos (meninos e adolescentes) permaneciam juntos o dia todo.

 

 

 


 

CONTINUE A APRENDER SOBRE PESTALOZZI


  << ANTERIOR  
 


 


  PRÓXIMO >>  
 

 


 

Este texto foi desenvolvido a partir destas fontes originais: 

BIBLIOGRAFIA:

INCONTRI, D. Pestalozzi: Educação e ética. São Paulo: Scipione, 1997.
OLIVEIRA, Z.R. de, Educação Infantil: fundamentos e métodos. 2. ed. São Paulo: Cortez, 2005. 
ALVES, WALTER OLIVEIRA. Pestalozzi um romance pedagógico. 1. ed. São Paulo: IDE Editora, 2014.

CONTEÚDO DIGITAL:

J. H. Pestalozzi: a swiss educador
Escrito por Kate Silber    Crédito: Britannica
https://www.britannica.com/biography/Johann-Heinrich-Pestalozzi

Les lieux fréquentés par Pestalozzi
La place Pestalozzi, lieu de vie
Iconographie de Pestalozzi

Biographie de Pestalozzi 
Escrito por: Office du tourisme et du thermalisme

www.yverdonlesbainsregion.ch/fr/
https://www.herens.info/Pestalozzi/index.htm
https://www.yverdonlesbainsregion.ch/fr/Z5253/yverdon-les-bains?gpoi=1579

Hans Jakob Pestalozzi
Escrito por : não identificado   Crédito : Ancestry.com
https://www.ancestry.com/genealogy/records/hans-jakob-pestalozzi-24-74rb4k
J. H. Pestalozzi: uma breve introdução
Escrito por Editora Comenius
http://editoracomenius.com.br/index.php?id_category=2512&controller=category
Pestalozzi, vida e obra
Escrito por Marcus de Mario  Crédito: A Casa do Espiritismo
http://www.acasadoespiritismo.com.br/EVANGCRIANCA/praticaeducativa/cap%201%20pestalozzi%20vida%20e%20obra.htm

Henri Pestalozzi
Autor: Associação Espírita Missionários da Luz de Fernandópolis, SP
http://henripestalozzi.org.br/henri.html

Pestalozzi
Escrito por:  não informado no site. Crédito: Portal Cola da Web
https://www.coladaweb.com/pedagogia/pestalozzi

Pestalozzi, o ‘educador da humanidade’ (documentário da série ‘Grandes Educadores’)
Escrito por: José Paz Rodrigues a 17 de agosto de 2016
https://pgl.gal/pestalozzi-o-educador-da-humanidade-documentario-da-serie-grandes-educadores/

Pestalozzi, o teórico que incorporou o afeto à sala de aula
Escrito por: Márcio Ferrari  em 01 de Outubro | 2008
https://novaescola.org.br/conteudo/1941/pestalozzi-o-teorico-que-incorporou-o-afeto-a-sala-de-aula 

Johann Heinrich Pestalozzi
Publicado em: Wikipdia
https://pt.wikipedia.org/wiki/Johann_Heinrich_Pestalozzi

 

Comentários


Top 10: As Mais Lidas do Site


Receba nossas notícias e novidades no seu e-mail

* indicates required
/ ( dd / mm )

O que outros visitantes estão vendo agora

Fale conosco no WhatsApp +55 11 99858-2611